Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Município divulga edital do FEIPE 2020
Início do conteúdo da página

Município divulga edital do FEIPE 2020

Publicado: Segunda, 13 de Janeiro de 2020, 16h13
imagem sem descrição.

Foi publicado ontem, quinta-feira (19), o edital do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE) referente ao ano que vem, pelo Jornal Oficial http://www.londrina.pr.gov.br/images/stories/jornalOficial/jornal-3954-assinado-pdf.pdf . Ao todo a Prefeitura de Londrina disponibiliza R$ 5.462.000,00. As inscrições seguem até as 17 horas, do dia 20 de janeiro. Os interessados em participar devem comparecer com a documentação na Fundação de Esportes de Londrina (FEL), localizada na Rua Gomes Carneiro, 315. Os atendimentos são feitos de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.

No site da FEL, é possível encontrar documentos para o auxílio da criação do projeto esportivo, como o formulário para apresentação  e o modelo de plano de trabalho (http://fel.londrina.pr.gov.br/index.php/feipe.html). Após o encerramento das inscrições, serão abertos os envelopes e analisados os projetos. Caso sejam habilitadas, as entidades passam para a segunda fase do processo que é a analise de documentos. O resultado preliminar será divulgado nos sites da Prefeitura, pelo Jornal Oficial do Município, e no endereço da FEL.

O fundo é destinado a cinco programas diferentes. Para o Incentivo ao Desenvolvimento do Esporte Adulto será disponibilizado o montante de R$ 2.219.500,00, para os outros programas serão investidos R$ 3.242.500,00, divididos em Formação esportiva da juventude, Apoio às ligas esportivas londrinenses, Esportes para pessoas com deficiência e Modalidades alternativas.

O edital irá beneficiar as seguintes modalidades no Programa Juventude: atletismo, badminton, basquetebol, beisebol, ciclismo, futsal, ginástica rítmica feminina, handebol, judô, karatê, natação, rugby, tênis de campo, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez. Já no programa adulto serão: atletismo, badminton, basquetebol, bocha, bolão, ciclismo, futebol feminino, futsal, futvolêi masculino, ginástica rítmica feminina, handebol, hockey sobre grama/indoor feminino, levantamento de peso olimpico, judô, karatê, natação, rugby masculino taekwondo, tênis de campo, tênis de mesa, voleibol, volei de praia e xadrez. Enquanto as ligas irão contemplar o futsal e futebol.

O programa de esportes para pessoas com deficiência visa as modalidades de goalball deficiência visual (DV), atletismo (DV), atletismo deficiência intelectual (DI), atletismo deficiência física (DF), judô (DV), tênis de mesa (DI), badminton (DI), halterofilismo (DF), basquete em cadeira de rodas (DF), canoagem (DF), natação (DF), ciclismo (DF), futsal para surdos, futsal para cegos, taekwondo (DV e DI). As modalidades esportivas alternativas não têm suas modalidades definidas e contemplarão os projetos esportivos com valores de até R$ 30.000,00.

Segundo o presidente da FEL, Fernando Madureira, neste momento o esporte de Londrina anda se ajustando em todos os lados, na estruturação das entidades esportivas, na melhoria de verba e também na melhoria dos espaços esportivos para que as entidades possam utilizar. “Eu, juntamente com a diretoria, tomei a decisão de manter o formato do FEIPE do ano passado para que tenham mais atividades aprovadas, e para que seja aberto logo no começo do ano, de forma que as entidades possam começar o ano esportivo o mais rápido possível”, frisou.

“Durante o ano queremos mexer em aditivos, em outros formatos de lei, exemplo do bolsa atleta, bolsa técnico e liga incentivo. A gente quer ir para outros meios e melhorar algumas praças que precisam, para que as entidades possam, onde tiver espaço, trabalhar com as suas equipes. É uma gestão que nós buscamos administrar em conjunto para que Londrina continue crescendo dentro do esporte”, frisou o presidente da FEL.

registrado em:
Fim do conteúdo da página