Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > FEL adota medida de segurança para provas de motociclismo no Autódromo Ayrton Senna
Início do conteúdo da página

FEL adota medida de segurança para provas de motociclismo no Autódromo Ayrton Senna

Escrito por N.com/Renan Oliveira | Publicado: Sexta, 25 de Maio de 2018, 01h35

Decisão visa adequar trechos da pista para a redução de riscos de acidente; estudo técnico será feito no local para indicar mudanças

reuniao.autodromoEm reunião realizada ontem (23), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, o presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Fernando Madureira, determinou uma medida de segurança que será incluída no circuito das provas de motociclismo realizadas na praça esportiva. Participaram dos debates representantes da Federação Paranaense de Automobilismo (FPA), de entidades e organizadores de provas de motociclismo e automobilismo, da Prefeitura e da Câmara de Vereadores. Ficou decidido que haverá uma intervenção imediata na pista do autódromo para impedir ultrapassagens na área da curva onde ocorreram as mortes de dois pilotos nas últimas semanas.

O presidente da FEL explicou que a decisão valerá especificamente para as corridas de moto no autódromo e que as condições já serão estabelecidas para os próximos eventos desta modalidade a serem realizados no local. A intenção é colocar a medida em prática o mais breve possível. “Para isso, será iniciado um estudo técnico que indicará as mudanças possíveis no traçado das provas de motociclismo, com vistorias feitas por engenheiros e técnicos de entidades como a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A previsão é que os trabalhos comecem na semana que vem”, informou.

Segundo Madureira, uma das propostas discutidas trata da implantação, nas provas de motociclismo, de um desvio na pista para criar uma curva mais acentuada e que obriga a redução da velocidade dos pilotos em trechos da pista. “Os estudos técnicos dos especialistas apontarão qual o melhor formato a ser adotado. A ação visa diminuir os riscos de acidentes e tudo será feito com toda a cautela e responsabilidade, colocando a segurança e a preservação da vida dos pilotos em primeiro lugar”, enfatizou.

Ainda de acordo com o presidente, não há nenhuma irregularidade nos eventos que registraram os acidentes fatais, sendo que toda a documentação exigida estava dentro dos aspectos legais. Ele disse que para poder alugar o autódromo, qualquer empresa ou organizador de evento precisa apresentar uma série de documentos que comprovem a aptidão para oferecer as condições de segurança necessárias, com estruturas de socorro na pista, por exemplo.

registrado em:
Fim do conteúdo da página