Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > GP Caixa de Atletismo busca talentos no Estádio do Café
Início do conteúdo da página

GP Caixa de Atletismo busca talentos no Estádio do Café

Escrito por N.Com | Publicado: Sexta, 22 de Abril de 2016, 09h08

O evento reuniu 400 crianças de 20 escolas em diversas provas da modalidade.

AtletismoDPCom o sonho no esporte e a força para conquistar o pódio e se destacar na competição, cerca de 400 crianças de 20 instituições de ensino estiveram presentes no Estádio do Café na última quarta-feira, para a 3ª edição do GP Caixa de Atletismo. O evento é uma realização do Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC), juntamente com a Fundação de Esportes de Londrina (FEL) e com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o organizador, Sandro Silva, o principal objetivo do evento é detectar talentos para conseguir novos atletas que possam representar a cidade de Londrina. “Queremos encontrar talentos, não só em Londrina, mas em diversas cidades, como Jacarezinho, Nova Santa Bárbara e Assaí. Há vários colégios de outras cidades que participam conosco e com isso a gente consegue detectar talentos de toda a região”, completou.

Sandro ainda comentou que a importância em realizar um evento como esse, que leva o esporte para as escolas e também as escolas até o esporte. “Pelo lado social, para a iniciação esportiva no colégio, esse é o melhor caminho. Assim nós conseguimos desenvolver melhor a modalidade”, disse.

O coordenador do projeto e técnico Gilberto Miranda, afirmou que o evento está com um nível técnico maior, em relação às outras etapas realizadas. “A gente tem vários alunos de diversas escolas de Londrina e região e o nível técnico melhorou muito. Nas etapas anteriores, tivemos grande quantidade de participantes, mas o nível técnico estava baixo. Agora, a gente viu que as escolas estão se preocupando com o desenvolvimento do esporte e isso faz com que o nível melhore e a gente encontre mais talentos”, comentou.

Felipe Wallan Ferreira da Silva, de 15 anos, estudante, pratica há três anos o atletismo, e nesta competição correu os 75 metros rasos. “Eu fui campeão nos 1.000 metros nas duas primeiras edições que tiveram e além de correr os 1.000 metros, também resolvi arriscar os 75 metros neste ano”, completou.

O atleta, que já ganhou o prêmio destaque nas competições, é da cidade de Ribeirão Claro e mora em Londrina através de uma bolsa oferecida pelo IPEC. “Eu vim de uma cidade do interior, fiz um teste aqui em Londrina e passei. Estou morando numa república aqui, ganhei escola particular, faculdade e um monte de bolsas pelo clube”, disse.

Para Felipe, o atletismo é sua vida e é como se vê futuramente. “Pretendo seguir a minha vida com o atletismo. Eu só estudava e dormia, então comecei a praticar, pela saúde, para também poder viajar e para fazer a minha vida no atletismo. Eu participo de competições do Brasil inteiro e, se surgir alguma competição internacional, estamos aí”, concluiu.

Será realizado no final de abril o Atletismo Kids, um projeto piloto com crianças do terceiro ao quinto das escolas municipais de Londrina, e durante todo o ano de 2016 haverá outras etapas do GP.

Foto: Divulgação

registrado em:
Assunto(s): GP Caixa de Atletismo
Fim do conteúdo da página